12 de novembro de 2010

MEU LIMOEIRO DÁ UVAS

Sempre vou ao pátio da minha casa, apressada, somente para alimentar meu cachorro labrador e , esporadicamente lhe fazer uns agradinhos.. Numa dessas idas e vindas, tive um impacto...Não poderia ser verdade o que via: meu limoeiro dando uvas?
As uvas se estendiam sobre a árvore de maneira suave e intensa. Seus extensos galhos vinham e se encaixavam perfeitamente, um ao lado do outro protegendo cada limão verdinho e minúsculo.
Duas árvores de diferentes aspectos nascidas sob o mesmo pátio, refulgindo ao clarão do sol. Uma protegendo e a outra se deixando proteger.
O vento sacudia de leve o limoeiro, e este flexível, deixava-se balançar com ritmo e magia. Provei uma uva...gosto que se alternava entre o doce e amargo, mas que deixava um sabor de cumplicidade.
Presenciar uma cena dessas de total harmonia, me faz pensar: árvores, uvas, limões...Quantos ensinamentos nos podem dar?

Autora: Nara Freitas.

Um comentário:

Velazquez disse...

pois é, nós somos todos UM, como mostra o link do vídeo que tenho lá no meu blog, bem no final da página.
A natureza nos ensina a viver de maneira saudável, mas os seres humanos insistem em destruí-la.
Ela, em resposta, manda catástrofes.
Se seguíssemos o exemplo de alguns cuidados que a natureza nos mostra, certamente viveríamos em total harmonia, mas isso, infelizmente é uma utopia.